Mosteiro da Transfiguração

Em Vossa Luz contemplamos a Luz!

foto
 

Domingo, 02 de fevereiro – Festa da Apresentação do Senhor

Pela manhã, antes do Ofício de Laudes, nos reunimos na Sala Capitular para a benção das velas. Logo após a benção, seguimos em procissão até nossa igreja monasterial, onde celebramos o Ofício diurno.

Na Santa Missa, nosso Dom Prior, em sua homilia, sinalizou que, durante alguns séculos, esta festa foi chamada de “Festa da purificação de Maria”. Por alguns motivos teológicos, muda-se o nome da festa e volta-se para o que é central, o Cristo. A partir disto, Dom Prior apontou os símbolos que surgem, fruto desta celebração. Dentre eles a luz, símbolo do Cristo ressuscitado. Luz que ilumina até as trevas da morte. Também expressou o quão significativo é celebrar o dia do religioso durante esta festividade.

Neste dia celebramos também o aniversário de profissão solene de nossos irmãos Dom Paulo e Dom João Evangelista.

Quinta-feira, 06 de fevereiro – Nossa comunidade celebrou hoje o aniversário de profissão solene de nosso Sub-Prior Dom Bento.

Sábado, 08 de fevereiro – Nesta tarde, nossa comunidade se alegrou com o ingresso no noviciado de nosso irmão Pedro Paulo. Durante o rito de admissão, nosso Dom Prior anunciou seu novo nome: Ir. Tiago. E levará para a sua vida monástica o lema: “Cheguei para servir e dar a minha vida”. Que Deus possa abençoar sua vida e lhe conceder perseverança nesta escola do serviço do Senhor.


A baixo você pode conferir algumas fotos deste momento.


 

 

 

 

 

Homilia e divulgação do onomástico

Ir. Tiago com a mãe e o sobrinho

Segunda-feira, 10 de fevereiro – Festa de Santa Escolástica, irmã de nosso pai São Bento.

Nesta tarde, durante o Ofício de Noa, na Sala Capitular, nosso irmão Pedro renovou seus votos temporários.

14 a 17 de fevereiro – A Congregação Beneditina Sublacense-Cassinence enviou a nossa comunidade dois abades para realizar uma Visita Canônica. São eles: Dom Guillermo Arboleda (Abadia da Epifania em Guatapè - Colômbia) e Dom Abade André Martins (Abadia da Ressurreição em Ponta Grossa - PR) Esta visita ocorre em todos os mosteiros da Congregação de 4 em 4 anos, para exortar e motivar a caminhada de cada comunidade.

Na abertura oficial da Visita Canônica (14), após a invocação do Veni Creator Spiritus, Dom Guillermo leu uma carta escrita por Dom Abade Josep M. Soler, abade visitador, que lamentava não poder realizar esta visita por motivos de saúde, mas, que estaria unido a comunidade em suas preces. Logo após, Dom Guillermo destacou a importância de não ver a Visita Canônica como um simples ato jurídico, mas, como visita fraterna, Kairós, momento de salvação. Dom André, complementando, disse que é Cristo que nos visita, e ele vem com seu corpo: a Igreja. A Igreja nos visita e todo ato da Igreja é sacramental, logo, a Visita Canônica é um ato sacramental e é importante vê-la com os olhos da fé.

Nos dias que se seguiram, os abades visitadores tiveram a oportunidade de conversar com todos os membros de nossa comunidade.

Na manhã do dia 17, os abades encerraram seus trabalhos e entregaram a Dom Prior e comunidade, a carta oficial. Logo após a leitura da mesma, nos dirigimos à nossa igreja monasterial e entoamos o Te Deum, ao repicar dos sinos. Que o Senhor continue a edificar esta Sua Casa entre nós.

A baixo, vocês podem conferir algumas fotos que marcaram este momento tão importante na vida de nossa comunidade.

    

 

 

 

 

 

 

 

Nestes dias em que o calor bateu records, até as corujas estavam fugindo das tocas e procurando uma sombra mais arejada, em pleno dia.


17 a 22 de fevereiro – Estiveram reunidos em nosso mosteiro um grupo de 16 seminaristas da arquidiocese de Santa Maria/RS e da diocese de Cruz Alta/RS acompanhados por Pe. Bertilo, reitor do Seminário Maior de Santa Maria, para um momento de retiro e formação. Juntamente com eles, nossa amiga dona Lygia, veio para fazer seu momento de retiro pessoal.