Mosteiro da Transfiguração

Em Vossa Luz contemplamos a Luz!

foto
 

Iniciamos este mês nos preparando todos para as profissões solene e simples de nossos irmãos Pedro e João, respectivamente. Digo “nos preparando todos” por ser uma Profissão um evento comunitário: a comunidade, reunida em nome de Cristo, acolhe a vida deste novo membro que deseja participar da busca de Deus empreendida pela comunidade monástica; ao mesmo tempo em que os irmãos renovam sua entrega a Deus comungando da oferta da própria vida daquele que professa.

Sexta-feira, 1º de fevereiro – Antes do Ofício de Completas  rezamos o Veni Creator, pedindo o auxílio e a graça do Espírito Santo para Ir. João e para a comunidade.

Sábado, 02 de fevereiro – Festa da Apresentação do Senhor.

Profissão Solene e Consagração Monacal de Ir. João Evangelista R. L. de Araújo. Contamos com a presença de seus pais Antonio Lopes de Araújo e Lucilene R. L. de Araújo, bem como de sua avó Carmosita e de suas irmãs Alanna e Lohranna.


Homilia.

Ladainha de Todos os Santos..

 

Leitura da Carta de Profissão.

Assinatura da Carta de Profissão.

Canto do “Recebei-me, Senhor”.

 

Canto da Antífona “Mortuus sum”.
Os pais de Ir. João levam a cogula com que será revestido.
Após a recepção da cogula das mãos do Superior da Casa, cumprimenta seus pais.
Rito da Consagração Monacal.
Recepção do Livro da Liturgia das Horas e Bênção Final Solene.
D. João ao lado de sua família e de D. Prior Cristiano.

Quarta-feira, 06 de fevereiro – Conforme a Tradição o neoprofesso solene faz três dias de silêncio no coro. Terminado estes dias, há o Rito de Aperitio Oris no qual o Superior, na presença de todos os Professos Solenes da comunidade, concede a Voz Capitular e participação nos Ofícios Litúrgicos, enfim a plena participação na vida da comunidade.


Domingo, 10 de fevereiro – Durante a Missa conventual, celebrada às 10h, nosso Ir. Pedro professou seus votos simples. Estiveram presentes à celebração muitos de seus familiares e amigos, visto ser  a família de Ir. Pedro daqui mesmo de Santa Rosa. Citamos de modo particular a presença de seus pais Sr. José Jarbas e Sra. Valdirene Maciel Cesar, e de seu irmão Alessandro.

O zelador do noviciado, D. Samuel, apresenta o até então noviço, Ir. Pedro, para a Profissão dos primeiros votos.

 

Ir. Pedro faz a leitura pública de sua Carta de Profissão e a assina.

 

Canto da Antífona: “Recebei-me, Senhor, segundo a vossa Palavra e viverei, e não serei confundido em minha esperança”.

 

O neoprofesso recebe o escapulário correspondente àqueles que iniciam a vida monástica oficialmente em nossa Casa.



Participação no Ofertório.

Sr. José, Alessandro, Ir. Pedro e Sra. Valdirene.

Segunda-feira, 11 de fevereiro – Como se ouviu falar em toda parte ficamos muito surpresos ao saber da decisão do Papa Bento XVI de renunciar à Sé Romana.

QUARTA FEIRA DE CINZAS, 13 de fevereiro – Tempo favorável no qual a Igreja é convidada a tomar consciência de que nossa vida é retorno para o Senhor Nosso Deus. Pomo-nos à espera não só da Páscoa de Cristo celebrada no Ano Litúrgico, mas em atenção e expectativa a todas as suas Passagens cotidianas, a todas as intervenções da sua misericórdia em nossas vidas.

Quinta-feira, 14 de fevereiro – D. Cristiano viajou a S. Paulo para participar de encontro da diretoria da CIMBRA – Conferência de Intercâmbio Monástico do Brasil – (da qual atualmente ele faz parte) e aproveitar para fazer um encontro com nossos oblatos dessa cidade.

Segunda-feira, 25 de fevereiro – Pela manhã montamos uma capela na Sala S. Bento para desocupar nossa igreja para a 1ª etapa da reforma do seu interior.

À tarde foi iniciado o trabalho que consiste no momento em tirar as grandes janelas que ficam ao lado da abside, diminuir a abertura e instalar as janelas novas.

Na mesma tarde chegaram a nosso mosteiro Ir. Maria Luíza, SND e Ir. Edinete, SND, grandes amigas de nossa comunidade.